Festival Gastronômico de Itabirito: evento movimenta mais de R$ 330 mil para estabelecimentos participantes e promove produtos locais

Festival Gastronômico de Itabirito: evento movimenta mais de R$ 330 mil para estabelecimentos participantes e promove produtos locais

Movimentação da economia local, promoção do consumo de produtos fornecidos por produtores rurais locais e retorno às memórias afetivas. Esses foram alguns dos resultados obtidos com o Festival Gastronômico, realizado pela Prefeitura de Itabirito, por meio da Secretaria de Patrimônio Cultural e Turismo, entre os meses de março a setembro deste ano.

De acordo com levantamento realizado pela Secretaria, o Festival gerou mais de R$ 330 mil em receita direta para os estabelecimentos participantes. O dado mostra o valor arrecadado com a comercialização dos pratos concorrentes, sem considerar a venda de bebidas e demais itens do cardápio.

Outro dado relevante refere-se à quantidade de ingredientes adquiridos de pequenos produtores locais para a confecção dos pratos, um dos requisitos do Festival. O levantamento catalogou a aquisição de 415 quilos de ingredientes, com receita estimada em quase R$ 100 mil.

Premiação aos bares e restaurantes

A final do Festival, realizada no dia 11 de setembro, levou ao Complexo Turístico da Estação mais de três mil pessoas, que tiveram a oportunidade de curtir shows musicais, oficinas e aulas show de receitas.

21 bares e restaurantes locais foram beneficiados. A premiação para os três primeiros colocados alcançou R$ 24 mil. O estabelecimento vencedor ainda foi contemplado com bolsa integral no curso de gastronomia da Faculdade Arnaldo, em Belo Horizonte.

Pequenos produtores rurais em foco

Mais de 50 produtores rurais foram beneficiados com a compra de ingredientes, capacitações, recebimento de sementes e publicidade por meio da visita de grandes chefs, possibilitando a abertura desses cultivos a grandes centros urbanos.

Visando fomentar o cuidado com o ingrediente base do pastel de angu, foram distribuídos e plantados 50 quilos de milho crioulo pelos produtores, promovendo o aumento da capacidade nutricional do ingrediente.

Capacitação, consultoria e contratação

Além disso, foi promovida a formação de 50 fermentadores de alimentos escolhidos para possibilitar a replicação deste conhecimento para famílias em situação de risco alimentar e/ou social.

O festival proporcionou ainda a contratação de fotógrafo especializado em fotografia gastronômico, além de consultoria aos bares e restaurantes para fortalecer a atividade dos pratos e incremento do fluxo turístico, por meio da gastronomia.

“O Festival demonstra nossa capacidade de diversificação da economia por meio da valorização de nossos produtores rurais, de nossas memórias afetivas. Atingirmos resultados tão robustos por meio de nossa gastronomia confirma a necessidade de valorizarmos aquilo que temos de melhor: nossos empreendedores do segmento de alimentação e as delícias gastronômicas produzidas por eles”, destaca a secretária de Patrimônio Cultural e Turismo, Junia Melillo.

 

Uma plataforma para você gerenciar o site da sua prefeitura.