CACHOEIRA CARRANCAS, CASCALHO E CRUZADO

Cachoeira da Carranca

Tem sua queda d’água sobre uma muralha de pedra com formato de uma carranca. Com uma altura aproximada de 10 metros e baixo volume de água, cai sobre a muralha e forma uma piscina natural de pequenas dimensões de águas frias e rasas, margeadas por uma pequena praia de cascalho.  Possui no entorno mata de galeria, com grande variedade de espécies florísticas. Seu entorno, porém, possui vegetação de cerrado, com árvores esparsas e gramíneas e em elevações pouco maiores com campos rupestres.

Cachoeira Carrancas - Acervo da Secretaria de Patrimonio Cultural e Turismo
Crédito: Acervo da Secretaria de Patrimônio Cultural e Turismo

Como chegar: Saindo da Praça Dr. Guilherme, seguir pela Rua Raul Soares, atravessar a Avenida José Farid Rhame e virar à direita na Rua João Pinheiro. No semáforo virar à direita na Avenida dos Inconfidentes, e a direita na BR 356, seguindo até o km 66 no trevo para Capanema, onde há uma placa indicativa “Vale do Tropeiro”. Entrar à esquerda e seguir por mais 13 km. Após a entrada à esquerda para Acuruí, entrar à segunda a esquerda onde há uma placa indicativa “Vale do Catana” e seguir pela estrada de terra por 200 metros até a sede. A partir daí, entrar nas trilhas de terra, a pé, para acessar as cachoeiras.

Endereço: Rodovia do Capanema, Serra da Catana, s/nº, Distrito de Acuruí.

Cachoeira do Cruzado

A Cachoeira do Cruzado localiza-se na região denominada Capanema e está a uma elevação de 1.100m. Possui sua queda em forma de véu de noiva. Suas águas caem sobre uma muralha de pedra de aproximadamente 20 metros, com volume mediano, formando ao final um grande lago de águas verdes e frias, com temperaturas de 20ºC e profundidade variando entre 1 e 3 metros. Após a queda, suas águas seguem em pequenas corredeiras, formando a alguns metros à frente uma pequena cascata e lago.

A vegetação no entorno da queda é caracterizada por densa mata de galeria, e a região possui espécies típicas do Cerrado, apresentando grande número de espécies de Arnica e arbustos esparsos, cascas grossas e um solo coberto por afloramentos rochosos. Devido à altitude e condições ambientais podem ser observadas espécies características dos Campos Rupestres, como a Canela de Ema.

A Cachoeira do Cruzado possui sua queda em forma de véu de noiva, suas águas desdobram-se por uma muralha de pedra de formato em U de aproximadamente 20 metros formando no fim um grande lago de águas frias e verde-esmeralda.

Cachoeira do Cruzado - Carlos Carmo
Crédito: Acervo da Secretaria de Patrimônio Cultural e Turismo

Como chegar: Saindo da Praça Dr. Guilherme, seguir pela Rua Raul Soares, atravessar a Avenida José Farid Rhame e virar à direita na Rua João Pinheiro. No semáforo virar à direita na Avenida dos Inconfidentes, e a direita na BR 356, seguindo até o km 66 no trevo para Capanema, onde há uma placa indicativa “Vale do Tropeiro”. Entrar à esquerda e seguir por mais 13 km. Após a entrada à esquerda para Acuruí, entrar à segunda a esquerda onde há uma placa indicativa “Vale do Catana” e seguir pela estrada de terra por 200 metros até a sede. A partir daí, entrar nas trilhas de terra, a pé, para acessar as cachoeiras.

Endereço: Rodovia do Capanema, Serra da Catana, s/nº, Distrito de Acuruí.

Cachoeira do Cascalho

A Cachoeira do Cascalho tem suas quedas livres em forma de “véu de noiva”, caindo sobre muralhas de pedras em semi circulo de aproximadamente 10 metros, formando três quedas d’águas com volume de água mediano e um lago de águas frias e rasas. Possui ainda uma pequena praia de cascalho.  Em seu entorno há abundante vegetação, com grande variedade de espécies florísticas em sua Mata ciliar, que acompanha todo o curso d’água.  A região ao redor, caracteriza-se como cerrado, com espécies arbustivas esparsas e gramíneas.  Em alguns pontos mais elevados encontram-se ainda, os campos rupestres constituindo-se sobre solo quartizítico.

Em pontos da trilha de acesso à cachoeira, há ruínas de muros de pedras construídos por escravos, sendo também um atrativo histórico.

Cachoeira do Cascalho
Crédito: Acervo da Secretaria de Patrimônio Cultural e Turismo

Como chegar: Saindo da Praça Dr. Guilherme, seguir pela Rua Raul Soares, atravessar a Avenida José Farid Rhame e virar à direita na Rua João Pinheiro. No semáforo virar à direita na Avenida dos Inconfidentes, e a direita na BR 356, seguindo até o km 66 no trevo para Capanema, onde há uma placa indicativa “Vale do Tropeiro”. Entrar à esquerda e seguir por mais 13 km. Após a entrada à esquerda para Acuruí, entrar à segunda a esquerda onde há uma placa indicativa “Vale do Catana” e seguir pela estrada de terra por 200 metros até a sede. A partir daí, entrar nas trilhas de terra, a pé, para acessar as cachoeiras.

Endereço: Rodovia do Capanema, Serra da Catana, s/nº, Distrito de Acuruí.

Uma plataforma para você gerenciar o site da sua prefeitura.